Especialista explica os segredos do atendimento ao Cliente nas Redes Sociais

A Internet é bastante sociável nos dias atuais. Há diversas fontes e ferramentas disponíveis para a difusão de informação, opinião e declarações livres dos usuários que a permeiam. Com as redes sociais, tudo ficou mais fácil. É possível aprender, debater, passar conhecimento e, principalmente, reclamar.

O Twitter é uma das principais fontes dos usuários. Para as lojas eletrônicas, é um meio bastante produtivo para divulgar ofertas, realizar promoções e fazer a interação entre o seu cliente fiel, o futuro cliente e o usuário que navega despretensioso, mas que acaba interessado por um produto divulgado. Mas a mesma ferramenta, que auxilia bastante, acaba se tornando inimiga. A quantidade de reclamações por conta de um deslize da empresa é gigantesca e toma grandes proporções dependendo de quem é o autor da queixa. De repente, a marca gera um buzz negativo e apenas uma ação eficiente e convincente é capaz de limpar a sujeira feita na rede social. E o segmento de mercado que lidera o ranking de reclamações é o de eletrônicos portáteis.

Atendimento ao Cliente nas Redes Sociais

A socialização leva a um comportamento preguiçoso e, às vezes, até injusto: consumidores insatisfeitos ou impacientes com um prazo de entrega acabam atacando marcas diretamente nas redes sociais e sites especializados de reclamações, sem ao menos tentar um diálogo natural com a empresa que lhe vendeu um serviço ou produto. Tal atitude gera desconforto e complicações para a empresa, que precisa agir ainda mais rápido, e para o cliente, que acaba se desgastando sem motivos.Para evitar situações como essa, é recomendável que as empresas adotem uma postura solícita para com seus clientes (como a postura da Mpway). Para tanto, siga algumas algumas dicas:

  • Procure estar ativo nas redes sociais.
  • Crie perfis, interaja com seus usuários e mantenha sempre o canal aberto.
  • De preferência, conte com um profissional dedicado para esta tarefa, com habilidade e liberdade para conversar com consumidores em quaisquer situações (elogios ou críticas).
  • Atue rapidamente.
  • Faça um rastreamento das declarações.

Em caso de críticas e reclamações, não deixe a bola de neve crescer. Entre em contato com o cliente insatisfeito e resolva seu problema da maneira mais ágil possível. São atitudes simples, que podem aliviar sua empresa de problemas maiores no futuro. Pense nisso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui